Poesia

São Félix de Buíque

Feliz, Félix Paes de Azevedo, Fazendeiro natural de Penedo Um herdeiro dos Campos do Buíque Trouxe o santo Félix de Cantalice E depois disse: "Aqui haverá...
Compartilhe:
Quero ler!

A palavra mãe

Houve o tempo em que vivi trancado, Na escuridão de um quarto E meu sorriso era a sua voz. E eu ficava só imaginando de quem...
Compartilhe:
Quero ler!

A nova moda está na cara

A nova moda é o que esconde e revela A nossa nova aflição. Que combina com frasco de álcool em gel, Água corrente e sabão. Um...
Compartilhe:
Quero ler!

Menina e Mulher

Um dia fosse menina... Cheia de graça, cheia de vida. Embelezando vestidos floridos; Sorriso inocente, olhar tão bonito. Viesse como botão de rosas, Desabrochas-te como a...
Compartilhe:
Quero ler!

Preconceito Linguístico

Acuma é que nóis Da terra ardente e feroz Chacoteamo os amigo Como se fosse inimigo? Comigo, com ela ou você! Todo mundo em seu dizer...
Compartilhe:
Quero ler!

Azedoce travoso

Um azedoce travoso... Nem limão, nem laranja brava. Mergulhado a brancura do leite, O branco se casa com o verde Formando uma coalhada. O nome dessa...
Compartilhe:
Quero ler!

O Carnaval buiquense

Emudecido no tempo, Pairando aos quatro ventos, A sensação do momento É uma prévia em pulsação. Tem zigue-zague nas ruas De linhas retas e curvas. São...
Compartilhe:
Quero ler!

Um pouco de tudo e muito do nada

Um manto acinzentado encobriu a cidade. Fazendo do calçamento uma laje rígida E do horizonte, uma parede mórbida, Enquanto o vento rasgava esquinas em assobios. A...
Compartilhe:
Quero ler!
Traduzir »