Saudosas memórias do Clube Municipal

Sob uma sombra acolhedora, os bancos serenos
Testemunhas de momentos de tranquilidade
Ali, formaram-se vários casais, laços eternos
Um cenário de amor e serenidade.

Adiante, um pequeno zoológico deslumbra
Macacos-prego brincando em harmonia
Pássaros canoros, melodias que encantam a alma
Um gato-do-mato, selvagem e cheio de poesia.

Carcarás majestosos, olhares penetrantes
Jacarés tranquilos na água a deslizar
Patos dançando graciosos, verdadeiros amantes
Um espetáculo da natureza a se revelar.

Um parque bucólico, um sonho em movimento
Escorregador, balanço, gangorra e carrossel
Envoltos numa atmosfera de puro encantamento
Uma brisa suave, companheira fiel.

Na parte baixa, um muro baixo e engradado
Separando a sede do Clube Municipal
Palco de bailes, festas e momentos celebrados
Onde a alegria era sempre fundamental.

À direita do Clube, piscinas convidativas
Atraindo olhares curiosos e encantados
Mergulhos refrescantes em águas festivas
Onde tantos corações foram arrebatados.

Esse espaço, uma memória vívida e eterna
Um símbolo de tempos passados e vividos
Onde risos e suspiros criavam uma jornada terna
Uma sinfonia de felicidade em presença de amigos.

Que essas lembranças sejam guardadas com carinho
No coração daqueles que ali encontraram alegria
Um lugar onde a vida se vestia de linho
E a felicidade dançava em melodia.

Compartilhe:
Traduzir »